quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Carreira Profissional

Bem, esse não é o foco do nosso blog, mas esse artigo me chamou tanta atenção que é impossível não compartilha-lo. Me identifiquei e identifiquei muitos amigos e colegas de profissão nessa situação.
Segue abaixo um link de um artigo que fala sobre a carreira das pessoas da geração Y e a frustração vivenciada por muitos devido a expectativas exageradas e comparações indevidas.

http://demografiaunicamp.wordpress.com/2013/10/30/porque-os-jovens-profissionais-da-geracao-y-estao-infelizes/


Nossos relacionamentos só serão sadios quando tivermos todas as áreas da nossa vida equilibradas, inclusive a área profissional.
Que esse texto seja um balsamo pra você como foi pra mim de renovação da perseverança e paciência.

Bem-aventurado aquele que teme ao SENHOR e anda nos seus caminhos.
Pois comerás do trabalho das tuas mãos; feliz serás, e te irá bem.A tua mulher será como a videira frutífera aos lados da tua casa; os teus filhos como plantas de oliveira à roda da tua mesa.Eis que assim será abençoado o homem que teme ao Senhor.O Senhor te abençoará desde Sião, e tu verás o bem de Jerusalém em todos os dias da tua vida.E verás os filhos de teus filhos, e a paz sobre Israel.
Salmos 128:1-6

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Natal, o verdadeiro presente!

   Que o verdadeiro sentido do Natal é a celebração do nascimento de Jesus, nosso Senhor e Salvador, não é novidade pra você né? Então na véspera dessa data comemorativa vou abordar um assunto mais específico aos meus queridos casaizinhos: presentes! Vou falar sobre isso porque eu já fui a louca do presente, não podia deixar uma data passar sem presentear os entes queridos e quando comecei a namorar não foi diferente com o namorado.
     Não quero estimular você a fazer uma revolta e parar de presentear as pessoas, mas quero ajudar aquelas pessoas que como eu acham/achavam que tinham a obrigação de demonstrar todo seu amor para pessoas especiais em um presente bem embrulhado sem muitas vezes ter condições pra gastar com isso. Muitos salários suados se perderam sem que eu nem mesmo percebesse.
     Confesso que ainda sou meio neurótica quanto a isso, Deus através do meu querido maridinho esta me tratando aos poucos quanto a isso. Fui a um aniversário nessa semana sem levar presente para o aniversariante(quase enfartei da vergonha) e nesse natal comunicamos antecipadamente a todos que não compraríamos presentes pois estamos economizando(não, não vamos engravidar ainda. Vamos viajar \o/ ). Eu amo dar e receber presentes, amo pacotes bem embrulhados com laços grandes, amo ver a expressão de uma pessoa ao abrir um presente que queria muito e amou! Mas há tempo para todas as coisas debaixo do céu, a tempo de presentear e tempo de poupar! E caso não queira passar uma data sem presente é só se policiar na escolha, não precisa ser o presente MEGA CARO pra fazer sua namorada/noiva/esposa se sentir amada, use a criatividade, garimpe bem, e economize na escolha.
     De que adianta gastar horrores no namoro, não aprender a se organizar financeiramente e depois ter um casamento frustrado porque não conseguem dar conta de pagar as contas, de adquirir os bens básicos necessários que custam muitos dinheirinhos(casa, moto, carro, terreno...). Não é a toa que dificuldade financeira é uma das principais causas de divórcios.
     Então se você é como eu, aquela pessoa mega neurótica por presente, ou que fica mega neurótica quando não ganha o que esperava se concentra e põe a cabeça no lugar, pensa no que realmente tem valor pra você. Porque nós(eu e o TJ) temos bastante limitações financeiras, nossos últimos anos de presentes foram bem restritos, mas eu não troco por nada desse mundo o marido fiel, companheiro, paciente, servo do Deus, prudente, carinhoso, cheiroso que ganhei do meu Pai!

Repense! A mudança vai além do arrependimento, ela precisa de decisão e atitude!


Obrigada Deus por mais um ano que se completa, e 2014 entregamos em Tuas mãos.

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Receita da Vó: Broa de coco(receita de natal)

Hoje vou compartilhar com vocês mais uma receita de família que aprendi com a minha vó. Como sempre não foi fácil anotar tudo pois ela não usa receita ou medidas exatas, faz no olho e vai experimentando(que nojo! detesto provar comida crua, é eu sei que o certo é fazer isso mas não faço e conto com a sorte, rsrs). Vamos a receita:

 INGREDIENTES
8 ovos
Margarina ou manteiga(pode ser com ou sem sal, tanto faz)
Polvilho azedo e polvilho doce
150 g de coco ralado
fermento em pó(desses normais mesmo, usado pra bolo)
Banha

(Já ligue o forno e deixe pré-aquecendo a 200°)
1° Separar a clara da gema dos ovos, bater as claras primeiro até ficar em neve (bem alta)
2° Juntar gemas e bater até a mistura ficar homogênea
3° Acrescentar 2 colheres de sopa bem cheia de margarina(ou manteiga) e o coco ralado e bater
4° Acrescentar 1 colher de sopa de fermento bem cheia(bem cheia mesmo)
5° Agora de adeus a batedeira e comece a misturar com uma colher de pau(ou similar): acrescente 4 xícara de polvilho azedo e misture bem. Depois acrescente mais 2 xícaras de polvilho azedo e misture até ficar homogêneo.(obs: minha xícara equivale a uns 200 ml no copo de medida)
6° Misture 1 xícara de polvilho doce a metade da massa, reserve a outra metade(aqui começa o nível hard da receita. Pode separar em 2 potes, a minha avó deixa no mesmo e mistura no cantinho mesmo como mostra na foto abaixo). Segredinho, na hora agente colocou polvilho azedo demais e ficou muito dura a massa, pra dar ponto de novo a vó acrescentou um ovo cru e meia colher de margarina e mexeu, depois pra dar o ponto certo continuamos mexendo a massa na mesa com o polvilho doce.

7°Coloque polvilho doce na mesa(pra não grudar e ajudar a engrossar a massa) e pegue uma bolinha de massa e vá batendo na mesa até engrossar. Assim que estiver no ponto(nem se esfarelando de seca. e nem brilhozinha de mole) faça um rolinho na mesa e corte em pequenos retângulos.
8° Unte bem(bem melequenta mesmo) com a banha, posicione os retângulos na forma afastando um do outro(porque vai crescer, senão gruda tudo), e coloque no forno. As fornadas assam bem rápido, a minha avó usa duas formas pra ir revezando, de 5 a 10 minutos já esta pronto. O ponto pra saber se esta pronto é observar a base da broa, se estiver amarelinha já pode tirar.

Essa receita rendeu 10 bandejas com aproximadamente 25 broas em cada(é bastante coisa). A minha vó costuma fazer nessa quantidade porque a família é grande, mas da pra reduzir e fazer a metade da receita(cuidado na hora de calcular metade da colher de fermento pra não errar).

Espero que tenham gostado, eu acho essa broa muito seca e não gosto muito mas o marido se derrete comendo então resolvi aprender.
Deus abençoe e feliz natal!

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Casamento: A entrega da noiva de seu pai para seu futuro esposo


Até hoje nunca havia parado para pensar em um sentido para esse ritual que costumamos seguir nas cerimonias cristãs de casamento, até que hoje li um artigo do site "orvalho.com" sobre este tema e esse ritual fez muito mais sentido.
     Em seu artigo no site "orvalho.com" o pastor que escreveu o artigo citava como referência o texto de Números 30:1-15 sobre os votos das mulheres para com Deus, sobre a autoridade que o pai tinha em tirar a validade quando não aprovasse o voto e em como essa autoridade é transferida para o marido.
     Na Bíblia encontramos referências para a estrutura do nosso lar, e a palavra nos diz que o homem deve ser o cabeça do lar. Enquanto solteiras temos como autoridade nosso pai e quando nos casamos biblicamente esta autoridade sobre nós é transferida para o nosso esposo. E essa transferência é simbolizada nessa entrega no altar diante de Deus e dos homens.
       Passei por um grande dilema no meu casamento quando foi pra decidir essa parte, tenho um pai biológico e um pai do coração, não gostaria de desonrar nenhum dos dois pois cada um teve e tem um papel especial na minha vida. Então após muito quebrar a cabeça, discutir, ouvir mil opiniões decidi dividir o imenso corredor da minha igreja(graças a Deus por ele ser bem grandão,rsrs) e entrei com o pai do coração e no meio do caminho trocamos e continuei da metade até o altar com o pai biológico. Na ausência de um pai também acho muito bonito as noivas que substituem por uma pessoa que faz esse papel de pai em sua vida(tio, irmão...).
    Falar de submissão da mulher ao homem é um assunto polêmico no qual podemos entrar em mais detalhes em um próximo post, mas a grande dificuldade em tratar desse assunto nos dias atuais ao meu ver são a tendência pela auto-afirmação da independência feminina e a distorção do conceito de submissão. Eu mesmo quando me converti tinha uma certa aversão aos versículos que falavam sobre isso, cresci em um lar com mãe solteira que fazia o papel de pai e mãe e me ensinou que eu tinha que ser independente. Mas a palavra é muito clara, e nós que desejamos agradar o nosso Deus devemos buscar mais entendimento em sua palavra e em oração para vivermos isso.

“Quero, entretanto, que saibais ser Cristo o cabeça de todo homem, e o homem, o cabeça da mulher, e Deus, o cabeça de Cristo”.
 1 Coríntios 11.3

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

É melhor serem 2 do que 1!

     Devido a correria dessa semana acabei adiando um pouco esse post, esse tema foi pregado em minha igreja no domingo passado e fiquei com vontade de compartilhar uma reflexão a respeito disso mas devido a alguns imprevistos(festas de fim de ano, batida do nosso carro, problemas de saúde do marido) acabei adiando e quando vi ja se passaram quase 2 semanas sem post.
     Todos conhecem e tem entendimento do que se trata o versículo de Eclesiastes 4:9-10


"Melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga do seu trabalho.

Porque se um cair, o outro levanta o seu companheiro; mas ai do que estiver só; pois, caindo, não haverá outro que o levante."



     Fazemos a associação dos benefícios de ser andar em dois com um líder, irmão em Cristo e também esposa/esposo sendo que existe esse auxilio na hora da necessidade. Porém vejo em muitos namorados/noivos/casados a satisfação em estar um com o outro e esquecer do resto do mundo. E minha reflexão se da principalmente aos casados porque se analisarmos a Biblia ela nos diz que:


Por isso deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á a sua mulher,

E serão os dois uma só carne; e assim já não serão dois, mas uma só carne.




      Aqueles que no namoro/noivado eram dois, a partir do casamento segundo a Biblia se tornam uma só carne. E os dois se tornando apenas um na caminhada da fé se estiverem distantes dos irmãos em Cristo e de uma liderança pastoral se caírem quem há de os levantar? Jesus nos alertou que haveríamos de passar aflições por esse mundo, e muitos casais em sua lua-de-mel apaixonada vivem apenas um pro outro se afastando aos poucos daqueles que no inicio da sua fé os acompanhavam na caminhada. Só que a lua-de-mel passa, e as aflições surgem de diversas formas, se o casal não estiver amparado pela igreja pode ser que seu casamento não sobreviva a provação. Na hora da dificuldade muitos saem atordoados a procurar quem os possa ajudar, mas em algumas circunstâncias pode ser tarde demais. Que possamos estar atentos pois sabemos que a nossa luta não é contra carne e contra sangue e que o nosso inimigo esta ao derredor procurando a quem possa roubar, tragar e matar.


E consideremo-nos uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras,

Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia.



quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Pesadelos de véspera de casamento

       Depois que a festa de casamento passa você até esquece de algumas coisas engraçadas que viveu. Tenho três anos de casada e eu e meu marido estamos planejando uma viagem de segunda lua-de-mel pra ano que vem(2014) e quanto mais perto chega mais pesadelos eu tenho a noite.
        Esses dias contei um desses pesadelos pro meu marido e ele estava lembrando dos meus pesadelos de noiva que eu ja nem lembrava mais. Nas vésperas do casamento tive os pesadelos mais sem noção: sonhei que quando entregaram meu vestido a cor dele era "salmão"(chorei horrores no sonho), sonhei também que cheguei na igreja e estava tendo outro casamento no meu horário, sonhei que a decoradora não tinha ido e eu e minha mãe tivemos que improvisar tudo de ultima hora, sonhei que tinha esquecido de convidar as pessoas e no dia não tinha ninguém na igreja...kkkkkkkk
       O que é a mente do ser humano, nosso inconsciente trabalha contra nós algumas vezes. E muitas noivinhas com quem converso confessam que passam por esse sufoco também acordando com o coração disparado,hehe.
    Na verdade acredito que isso é uma forma inconsciente de demonstrar nossa ansiedade e preocupação(olha a ansiedade em mais um post...será que a menina é ansiosa? Ajuda Jesus!). As vezes na nossa sobriedade dizemos "esta tudo certo, tudo esta encaminhado" mas nos devaneios da nossa mente imaginamos mil situações(geralmente improváveis) que estragariam o nosso tão esperado dia.
      É, ainda não inventaram uma forma de controlar os sonhos, mas enquanto isso vamos orando e entregando a nossa ansiedade pra Deus que tem cuidado de nós.
       No casamento foi assim, na viagem esta sendo assim, Deus me livre desses pesadelos quando eu estiver gravidinha!rsrs
Fiquem com Deus!

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Viagem: Hospedagem acessível!


Ja postei outro dia sobre promoções de passagens aéreas no site www.melhoresdestinos.com.br , agora chegou a vez da hospedagem afinal de que adianta pechinchar as passagens e ter que gastar horrores na hospedagem?
A dica da vez é o site: www.airbnb.com.br
Na internet as opiniões são diversas, ja encontrei algumas pessoas que tiveram problemas mas mesmo assim a grande maioria das opiniões é bem positiva. Eu e o marido estamos apostando nesse tipo de hospedagem para nossa próxima viagem, em março vou ter minha experiência pessoal pra compartilhar mas por enquanto vou repassar o que pesquisei.
Segundo minhas pesquisas nos blogs alheios vi algumas dicas pra se assegurar de fazer uma boa escolha:
1. Selecionar apartamentos/quartos que tenham comentários positivos(em cada opção tem comentários de pessoas que ja se hospedaram no local.
2. Selecionar apartamentos/quartos com fotos verificadas pelo Airbnb, na própria foto tem a marca no canto superior direito " Airbnb.com verified photo". Isso significa que a própria empresa foi até o local e bateu as fotos ou verificou a veracidade das fotos que ja tinham.Exemplo:
3. Entre em contato com o proprietário pelo site e tire o máximo de dúvidas possível

Esse site é bem conhecimento internacionalmente mas vi que também tem muitas opções de hospedagem aqui do Brasil mesmo, segue algumas que achei legal:

Maceió
https://www.airbnb.com.br/rooms/120649?checkin=09%2F03%2F2014&checkout=15%2F03%2F2014&guests=2&s=72d1

https://www.airbnb.com.br/rooms/304242?checkin=09%2F03%2F2014&checkout=15%2F03%2F2014&guests=2&s=72d1

Bombinhas
https://www.airbnb.com.br/rooms/941167?checkin=08%2F03%2F2014&checkout=15%2F03%2F2014&guests=2&s=1afa

Gramado
https://www.airbnb.com.br/rooms/970824?checkin=08%2F03%2F2014&checkout=15%2F03%2F2014&guests=2&s=de1a

https://www.airbnb.com.br/rooms/677849?checkin=08%2F03%2F2014&checkout=15%2F03%2F2014&guests=2&s=d905

Florianópolis

https://www.airbnb.com.br/rooms/488995?checkin=08%2F03%2F2014&checkout=15%2F03%2F2014&guests=2&s=b1b6

Vantagens:
Na opção de alugar casa/apartamento inteiro é como se vocês estivesse em casa, tem uma cozinha só pra você podendo economizar em algumas refeições. Muitas opções acomodam 4-6 pessoas podendo fazer uma viagem com amigos e dividir o valor. Preços muito acessíveis comparado com hotéis.
Você precisa fazer o pagamento assim que fizer a reserva, o Airbnb segura o seu pagamento até um dia após sua hospedagem, caso haja alguma queixa é só entrar em contato com a empresa que eles não repassam o valor ao proprietário encaminhando você pra outra hospedagem ou fazendo a devolução do dinheiro.

Desvantagens: Não tem serviço de quarto, você precisa se virar com a limpeza básica. Pequena porcentagem de risco ja que existem alguns comentários negativos de pessoas que tiveram uma experiência não agradável.

Espero que tenham gostado, em março venho compartilhar minha experiência!
Deus abençoe

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Ministério e Casamento

      Desde que me converti aprendi que a fé sem obras é morta, que precisamos compartilhar com os outros aquilo que recebemos de Deus através dos nossos dons. E desde então estou e já estive em alguns Ministérios dentro da igreja. Hoje faço parte do Ministério de Dança e dos Pequenos Grupos da minha igreja. Ja passei pelo teatro, ministério infantil, fui algumas vezes com o ministério alegrar em visitas ao hospital, e em todos eles aprendi algo com Deus. Agente doa e por fim recebe em dobro, só Deus né.
  As fases foram as diversas, no começo solteira terminando o ensino médio, depois namorando/trabalhando/fazendo faculdade, depois noiva/trabalhando/fazendo tcc, e por fim casada/trabalhando em 2 empregos.
    Isso tudo se somando com o passar da idade, porque quanto mais velha mais estressada e menos paciente você é(pelo menos até aqui comigo e outras amigas da mesma faixa etária tem sido assim).
Não tem sido fácil, nem sempre consigo manter tudo equilibrado e nesse caminhar ja vi pessoas que cresceram comigo na igreja e que por causa do estresse acabaram abandonando os ministérios por não conseguir dar conta.
     Acredito que o grande problema é a cobrança excessiva. E o triste é que a pior cobrança vem de nós mesmos, não nos contentamos em fazer pouco, não nos contentamos em fazer simples, e no fim por esgotamento acabamos por ficar sem fazer nada.
     Nessa luta de permanecer no caminho estreito tenho buscado "simplificar" as coisas na minha vida pra não chegar a esse ponto de esgotamento que muitos chegam. Tenho buscado focar em um(ta, dois,rsrs) ministérios, não me estressar tanto quando não da pra limpar a casa, tentamos guardar um dia na semana pra nós(eu e o TJ), tento fazer o que esta ao meu alcance e entregar pra Deus confiando que é Ele quem abre e fecha as portas quando eu faço a minha parte.
      A triste notícia é que nem sempre da certo, tem dias que a frustração bate, que da aquela vontade de chorar porque "nada esta dando certo", que a reprovação das pessoas nos magoam...Mas nessas horas a graça de Deus vem e se manifesta. Quando deixamos a frustração de lado e nos entregamos diante de Deus percebemos o quanto Ele nos ama de forma incondicional apesar do que fazemos, e que com o nosso pouco o nosso Deus faz muito!
       A grande diferença é não se entregar, desacelerar quando preciso, escolher um marido(ou esposa) envolvido com um ministério que vai entender a sua correria e você a dele, se apegar a uma vida de leitura bíblica e oração. Semana passada eu e meu esposo sofremos um acidente de carro, graças a Deus saímos ilesos e os danos foram só materiais, mas voltei a me perguntar "e se Jesus voltasse pra mim agora?", "o que eu teria pra apresentar a Ele?". E com essas perguntas vou meditando e reconstruindo a minha rotina pra que Deus seja mais glorificado em mim.

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Vivendo de aparências...

     Ontem ao ouvir uma pregação da Pra Gisela Matos me surpreendi com um testemunho de uma líder de ministério que a procurou pra conversar. Segundo ela a tal líder a procurou pra confessar que era noiva, estava com o casamento marcado mas que há 3 meses estava tendo um caso com seu chefe, disse que não iria confessar porque sabia que iria destruir a igreja já que seu noivo era líder do louvor e seus pais fundadores da igreja. A Pra Gisela surpresa perguntou o que a menina esperava que ela fizesse, e a menina pediu que ela orasse por ela. A Pra estranhando a postura da líder disse que não oraria e que se fosse pra orar era pra pedir que o Espirito Santo colocasse temor no coração dela pra que confessasse o seu pecado. E ela decidida na sua postura disse que hoje pro bem da igreja não confessaria, que terminaria o caso, se casaria e daqui há 5 anos confessaria pro esposo.
     Fiquei espantada com o testemunho, e no mesmo vídeo a Pra comenta que dentro das igrejas tem encontrado muitos relacionamentos(namoro, noivado, casamento..) aparentemente lindos e interiormente despedaçados por falta de quebrantamento, temor, e acima de tudo a capacidade de confessar e buscar ajuda pra corrigir o seu pecado. Precisamos estar aptos a sofrer as consequências das escolhas que fazemos para que Cristo seja glorificado em nós.
     Uma vida como esta, de aparência, consegue ser sustentada por um curto espaço de tempo. Porém a verdade sempre aparece e quando não confessamos e buscamos ajuda as consequências são piores ainda. Por isso que insistimos tanto, principalmente com o pessoal que caminha conosco nos ministérios, o quanto é importante estar sob os cuidados de pastores e líderes espirituais. Pessoas com sabedoria e discernimento vindos de Deus para te abençoar e te pastorear como uma ovelha que se andar sozinha se coloca em perigo.
     Os problemas, as dificuldades e até mesmo as tentações estão presentes constantemente na vida de todas as pessoas, a diferença em conseguir se esquivar e resolver esses poréns esta no seu relacionamento com Deus e com a sua igreja. Não deixe o pecado tomar conta, não se preocupe mais com a aparência do que com o seu coração, assuma as suas fraquezas pra que a força de Deus se manifeste em você.

Meus filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis; e, se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo1 João 2:1

E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo. 2 Coríntios 12:9

domingo, 17 de novembro de 2013

The one!

“The one” é a expressão em inglês para “o escolhido (a)”, pode se referir a aquele que está predestinado a alguma coisa.

Muitas pessoas se perguntam se existe uma pessoa que é a escolhida para ser o seu par.
Eu particularmente não acredito muito nisso. Acredito que pessoas são compatíveis, e Deus pode preparar vários relacionamentos em variáveis diferentes. Veja o meu caso, por exemplo, se meus pais decidissem não mudar de cidade em 1995, provavelmente, eu nunca teria conhecido a minha esposa. Agora, será que eu seria predestinado a fica sozinho o resto da vida? Acredito que não. Acredito que Deus teria me preparado outra esposa em uma circunstancia diferente.

 Sei que isso soa pouco romântico, e muitos podem até discordar. Mas o fato é que relacionamentos são construídos, eles não nascem prontos, existe um todo trabalhar de Deus nos nossos corações para fazer com que as diferenças passem a ser aceitáveis com o passar do tempo, tem que existir um grande esforço de ambas as partes para que realmente o amor que existe no coração possa amadurecer e crescer todos os dias.

No meu ver muitos namoros/casamentos estão desabando justamente por que as pessoas acham que encontraram a “the one” e que tudo será um mar de rosas, tudo será perfeito. E não é: por mais perfeita que a pessoa possa parecer quando você se apaixona, com o passar do tempo as diferenças vão aparecer, aquilo que era “bonitinho” antes começa a fica chato, e aí quando o relacionamento não dá certo é porque – “Não era a vontade de Deus”. Mas o que precisa ser entendido é que sem Deus no comando, sem esforço de ambas as partes, realmente nenhum relacionamento está na vontade de Deus.

Veja o que Paulo escreveu a igreja de Éfeso:“Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela”.  Efésios 5:25.

Qual é a marca do ministério de Jesus pela igreja, se não a negação a si mesmo, negação a toda a sua glória e morrer pelos pecados de outros. Assim deve ser o nosso comportamento durante o nosso relacionamento (namoro/noivado/casamento).

Então pare de ficar trocando de namorada (o), por que nenhuma delas era a vontade de Deus, e comece a se esforçar nos seus relacionamentos.

Quer uma dica de qual é a vontade de Deus pra você? Santidade! Essa é a maior vontade de Deus pra você, por isso, não escolha pessoas que não compartilham a mesma fé que você, escolha pessoas que sejam servas do Senhor Deus altíssimo, e que tenham vontade de viver uma vida santa ao seu lado. Não se meta em julgo desigual! E pronto, seguindo essas 2 regrinhas básicas, você já tem 50% do sucesso garantido no seu relacionamento, o resto é vocês dois fazerem funcionar dentro das diferenças de ambos.
Fiquem na paz.
TJ

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Guarda o teu coração!

“De tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida.” (Provérbio 4:23)
  Lembrei desse versículo hoje ao ler a frase "Engraçado é que tem pessoas que encontram o amor da vida umas 15 vezes no ano". Parece engraçado, mas não é não. Não quero dar "sermão" ou parecer superior a alguém, até porque um dia essa frase foi realidade pra mim. Quando estamos solteiras esperamos pelo amor da nossa vida, o tal "príncipe encantado" dos Contos de Fadas (numa versão mais moderna claro,rsrs) e eu não fui diferente. Era uma adolescente sonhadora, fascinada por romances e que esperava encontrar o amor da minha vida aos 14 anos. Para alguns acontece, 1% dos casos que eu conheço, mas acontece. Mas não era essa a história que Deus tinha pra mim, porém até eu entender isso demorou e o sofrimento foi grande. Ou eu fui a única adolescente que morreu chorando por amores não correspondidos e frustrados?rsrs
Hoje é fácil rir de mim, hoje é fácil olhar pras adolescentes passando por isso e achar graça, mas consigo entender o quanto isso dói. E na hora da dor não conseguimos enxergar o livramento, não conseguimos enxergar com os olhos da fé ao invés dos olhos naturais.
Parando pra pensar acredito não ter guardado o meu coração como a palavra manda(até porque em parte da minha adolescência não conhecia a palavra de Deus), sempre que me apaixonava me doava de coração, ocupava minha mente 100% do tempo pensando naquela pessoa, criando mil expectativas para o nosso futuro. E por isso sofri o que não precisava ter sofrido.
Compartilho meu passado para aquelas(e aqueles porque alguns homens também passam por isso) que estão vivendo essa fase, achando que nunca vão encontrar a pessoa certa, que estão desanimadas e cansadas de frustrações. Guarda o teu coração! Confia em Deus, não é fácil não, precisa de esforço, de oração, de joelho no chão e choro diante de Deus. Mas é possível. Guarda, e não te entrega de corpo em alma achando que essa pessoa é a sua alma gêmea e vocês vão ser "felizes para sempre". Enquanto você não estiver no altar, prometendo e recebendo a promessa de "ser fiel, amar-te e respeitar-te, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, todos os dias da nossa vida" nada esta definido. Muitas águas podem rolar e muita coisa provavelmente vai mudar em sua vida.
Guarda o teu coração em Deus, porque Ele vai cuidar dele melhor do que você, as vezes agente acha que Ele não esta nem ouvindo a nossa oração, mas Ele em silêncio continua fazendo com que todas as coisas cooperem para o nosso bem enquanto permanecemos debaixo da vontade d'Ele.
Nada melhor do que testemunhar algo que vivemos e dizer que no fim deu tudo certo, e creio que assim como deu pra mim vai dar pra você se permanecer em oração, lutando contra a carne, contra a carência, em obediência aos seus pais e a palavra de Deus.
Desejo uma semana abençoada pra você, um renovo e uma fé inabalável vinda de Deus!
                                                                           (Imagem: Eu escolhi esperar)

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Vida financeira: Assunto a ser tratado ainda no namoro

        Falar de dinheiro é sempre algo delicado, mas lá vou eu tentar dar um pitaco no relacionamento dos namorados quanto a administração das finanças. Afinal, sabemos que muitos casamentos chegam ao seu fim devido a dificuldade nesta área da vida.
     Acreditamos que o principal objetivo do namoro é o casal se conhecer melhor e se preparar para um futuro casamento. E quando falamos "se preparar" é em vários sentidos, hoje vamos trabalhar específico a área financeira.
     O dinheiro é bom quando sabemos administra-lo bem, quando entendemos que tudo o que recebemos não é nosso mas de Deus e que precisamos estar na condição de servos fiéis que servem a Deus administrando bem o que recebem pra honra e glória do Seu nome.

Minha é a prata, e meu é o ouro, disse o Senhor dos Exércitos.
Ageu 2:8

     Mas qual a importância de pensar sobre isso no namoro?Qual a importância de juntos já conversarem sobre seus projetos de vida, como vão administrar seu dinheiro(quem será o responsável, como vão proceder na administração das contas, se vão ter poupança ou não, se vão economizar pensando mais no futuro ou gastar aproveitando mais o hoje...)?
     Muitas crises são evitadas no casamento quando já definidas no período de namoro, assim quando juntos ja possuem um plano traçado e alinhado em comum vontade para essa área com certeza muitas crises e talvez até uma possível separação será evitada no casamento. Os dois precisam pensar iguais, ou um precisa estar disposto a ceder sua vontade, para o casamento dar certo.

Uma vez ouvi uma história verídica sobre um casal que estava prestes a se casar. Na manhã do casamento, que seria a noite, decidiram juntos abrir os presentes que ja haviam recebido. Ao abrir o noivo percebeu que a maioria das peças de cozinha eram de cristal, e perguntou pra noiva o por quê daquilo. A noiva falou que foi ela que escolheu porque na casa dela só iria servir em peças de cristal. O noivo, de origem mais humilde, falou que na sua casa sempre haviam usado copos simples e até de embalagem de  requeijão e que casado seria assim também. Os dois depois de uma enorme discussão não cederam. Celebraram o casamento a noite pois já estava tudo pago, na festa o salão ficou dividido em: metade de um lado com a noiva, seus amigos e sua família e na outra metade o noivo, seus amigos e sua família. Naquela mesma semana ja entraram com o pedido de divórcio.

     Você pode achar que é exagero ter se divorciado por causa de um copo, mas a questão não é o copo e sim os valores distinto que ambos tinham. Quais seus valores? O que você considera realmente importante na vida? Seu namorado(a) pensa da mesma forma? Se não, algum dos dois esta disposto a ceder? Se a resposta for não novamente sugiro que ore e repense seu relacionamento.
     Sugiro que juntos façam uma planilha, anotem todas as entradas(salário, extras...), anotem as despesas fixas(contas de casa, consórcio, financiamento...todas prestações fixas a médio e longo prazo) e as variáveis(contas de curto prazo, carnês, compras parceladas no cartão). É importante também anotar e acompanhar os gastos diários, geralmente os lanchinhos e bobicinhas compradas levam boa parte dos nossos salários.
      No nosso caso começamos uma poupança juntos a partir do aniversário de 1 ano de namoro pensando em usar na entrada de um imóvel ou na festa de casamento, começamos com pouco, cada um poupava de 100,00 a 150,00 por mês. Mas aos poucos, conforme nos motivávamos mais e nossa condição financeira ia melhorando fomos nos esforçando mais e conseguindo aumentar o valor poupado. Hoje, unimos nossos salários e tomamos todas as decisões quanto as finanças juntos, nenhum dos dois compra nada sem estar em acordo com o outro e isso tem funcionado muito bem para nós.

     Para aqueles que reconhecem sua dificuldade em administrar suas finanças sugiro que procure uma turma do "Ministério Crown Finanças" realizado em algumas igrejas evangélicas.

Desejo que Deus te abençoe em todas as áreas da sua vida!

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

7 maneiras para as mamães ocupadas chegarem a Palavra de Deus

Esse é mais um compartilhar de um artigo lido no Desiring God, escrito por Courtney Joseph. Ainda não pertenço a classe das mamães mas leitura e informação nunca são demais. Então compartilho com as minhas amigas mamães e gravidinhas...
  
 Enquanto a palavra de Deus fica em nossas prateleiras esperando por nós para obter um momento lento, o mundo nos convida a manter-nos ocupados.
     As crianças se inscreveram para o futebol, piano, ginástica, basquetebol, futebol, e a lista continua. O mundo diz-nos para obter os nossos calendários completo e ficar em movimento. Se você não fizer isso, seus filhos podem perder, ou não vai ser legal, ou eles não vão aprender importantes lições de vida, ou eles não vão ser socializados, ou não vai, não vai...
     O mundo diz que esta corrida caótica ao redor é o que as boas mães fazem. Mas a verdade é que precisamos de momentos lentos. É nos momentos lentos que Deus fala conosco através da sua palavra e falar com ele em oração.

       Aqui está um guia simples para mães ocupadas que querem construir mais desses momentos lentos em seu cotidiano - momentos para parar e beber profundamente do viver bem:


1. Escolha uma passagem da Escritura para a semana. Minhas passagens favoritas para meditar vem de Salmos, Provérbios, os Evangelhos e as Epístolas.
2. Escreva a passagem em um cartão de nota, e colocá-lo no bolso ou ao lado de seu computador. Retirá-lo periodicamente, e ler sobre ele. Mantenha-o em sua bolsa durante toda a semana, e puxe-o em horários convenientes e lê-lo.
3. Leia a passagem a primeira coisa na manhã. Leia a passagem assim que você sair da cama, por isso é a primeira coisa em sua mente naquela manhã.
4. Abra a sua Bíblia para essa passagem, e colocá-lo no balcão da cozinha. Durante todo o dia, quando você anda pela cozinha, pause, leia a passagem e, em seguida, seguir em frente.
5. Leia a passagem em voz alta. Leia-a para si mesmo, e lê-lo para seus filhos durante as refeições e antes de dormir.
6. Releia a passagem antes de ir para a cama à noite. apoie seus dias na leitura desta passagem da Escritura.
7. Escreva a passagem no topo da sua lista de coisas a fazer. Dessa forma, cada vez que você olhar para a sua lista de coisas a fazer, você pode rever a passagem da Escritura.



terça-feira, 15 de outubro de 2013

Planejando o casório: Check list

Esse post vai para as amigas que estão sonhando(ou que até sonham com uma assessoria mas não podem pagar) em organizar seu próprio casamento.



     Segue abaixo links para download de duas planilhas de organização super úteis. A planilha deve ser adaptada a sua realidade, mas já da um norte para começar o planejamento do grande dia. Os sites de referência são: Casando sem Grana e Planejando meu casamento(excelentes para inspirações e dicas)



     Outra forma de se organizar é separar as tarefas por período como esta explicado nesse artigo:

    Além das planilhas uma outra ferramenta que auxilia muito nessa fase é uma agenda de noiva, você pode adaptar uma agenda normal ou adquirir uma pronta na internet. Eu gostava muito do diário de noiva da Tilibra porém eles não estão mais fazendo, mas é possível encontrar outras no mesmo estilo a venda:




Filtrei essas informações pois são as melhores fontes que encontrei na internet(antes e depois de casada). Não se iluda achando que tudo sairá conforme o planejado, imprevistos sempre acontecem e o tempo geralmente luta contra nós mas faça o seu melhor, curta essa fase, conte com amigos e familiares pra te ajudar sem tentar abraçar tudo só pra você. Encontre a melhor forma de se organizar, cuidado com os conselhos em excesso, nem sempre o que é bom pra mim pode ser bom pra você, encontre o que mais funciona no seu estilo de vida: planilha, agenda, mural, post it, bilhetes na geladeira ou na porta, lembretes no celular, sei lá...Use sua criatividade pra facilitar sua vida, ajudar sua memória e reduzir seu estresse porque infelizmente o tempo que passa não volta mais e essa é uma fase muito gostosa de ser vivida.

E não esqueçam do mais importante nessa fase...Orar e entregar tudo diante de Deus!
Deus abençoe!!! bjs

15.10.13 : 6 anos de namoro

Hoje é um dia muito especial pra mim, ou melhor, pra nós. Há exatos seis anos atrás estávamos vivendo um dos momentos mais marcantes de nossa história, o pedido de namoro. Algumas pessoas já casadas não tem mais o hábito de comemorar essa data, pode ser porque estamos casados há poucos anos, mas ainda gostamos de celebrá-la.
Parando pra lembrar me recordo do quanto esperei por esse dia, por essa pessoa que eu sabia que Deus um dia colocaria na minha vida para torna-la ainda mais feliz. Teve momentos que achei que esse dia não chegaria, que as coisas não davam certo pra mim, mas apesar da nossa ansiedade quando entregamos a nossa vida pra Deus Ele continua no controle conduzindo todas as coisas. E nesse tempo de espera me conduziu até o amor da minha vida, o futuro pai dos meus filhos, o homem que me faz sentir a mulher mais especial e amada do mundo.
Por isso sinto que essa data merece ser celebrada, é um marco da nossa história que permanece sendo escrita por Deus.
Te amo meu marido lindo!


sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Nove lições para rompimentos(baseado em texto de Marshall Segal)

Este é um resumo de um artigo que li no site www.desiringgod.com redigido por um pastor assistente de John Piper. Acredito ser útil para pessoas que estão passando por isso ou acompanhando outras pessoas que estejam nesse processo...


Você arriscou seu coração. Você compartilhou sua vida. Você comprou os presentes, fez as memórias, e sonhava seus sonhos juntos – e acabou. Agora, você esta de volta a estaca zero na busca de um casamento, e se sente solitário, mais longe do altar, por causa de tudo o que você passou e perdeu.
Ninguém começa a namorar alguém esperando que vá terminar. A maioria de nós anseia pelo dia do casamento. Estamos a busca de amor, afeto, segurança, companheirismo, compromisso, intimidade e ajuda. Afinal, Deus parece querer que a maioria de nós se case(Gênesis 2:18; Provérbios 18:22; 1Corintios 7:2/9) . Mas isso não faz com que casar-se seja algo fácil. Rompimentos na igreja são dolorosos e desconfortáveis, e muitos de nós andou ou vai andar nessa estrada escura e solitária. Então, aqui estão 9 lições para a construção de esperança quando os cristãos rompem um namoro.

1.  Não há problema em chorar – e você provavelmente deveria
Talvez você estivesse convencido de que era preciso terminar, mas sabia o quão difícil seria. Não é um divórcio, mas pode-se sentir tanto quanto ele.
Deus projetou o romance para expressar-se em fidelidade e lealdade – em unidade. Porque o namoro é apenas um meio para o casamento, o projeto de Deus para os nossos casamentos fala com o seu projeto para o namoro. Um namoro que mergulha depressa demais ou de forma descuidada não reflete o querer de Deus.
Não tem nada a esconder ou se envergonhar. Sinta-se livre para sentir e saber que a dor aponta para algo bonito sobre o seu Deus e seu eterno amor por você. Se você entrasse e saísse de um romance sem dor ou remorso algo sim estaria errado.

2. Não tente outra vez rapidamente
Um dos piores erros e mais populares é de passar pra um próximo relacionamento cedo demais, especialmente nessa época de mídias sociais e namoro on-line. Carinho pode ser um vício. Se você já esteve de mãos dadas, sorrisos vistos, experimentou a doçura de atenção, você vai querer mais. Vamos esperar, orar, ter paciência e cuidado. É muito fácil deixar um rastro de feridos para trás em nossa busca de um parceiro.
É mentira pensar que você não esta se movendo em direção ao casamento se não esta namorando. As vezes a melhor coisa que você pode fazer pelo seu futuro cônjuge é não namorar.

3. Você pode ter falhado, mas Deus não
A relação pode ser mais por uma falha de caráter específico ou fracasso. Existem coisas sobre nós – deficiências ou padrões de comportamento – que podem desqualificar-nos para o casamento com uma pessoa em particular. Mas isso não anula a graça de Deus através de você.
Como as pessoas se aproximam, e precisamos estar em comunhão cristão, o nosso pecado inevitavelmente se torna perigoso. Nossa bagunça se torna mais presente na vida do outro.
Se você está confiando em Cristo para o perdão dos seus pecados e se esforçando para segui-lo e sua palavra, Deus nunca o abandonou, e Ele nunca vai te abandonar. Seus propósitos são maiores do que os seus erros.

4.É melhor ter amado e perdido
Infelizmente, muitas vezes os rompimentos geram conversas desconfortáveis e embaraçosas. Você se sente como uma mercadoria danificada, como se tivesse sido arruinado aos olhos de Deus ou aos olhos dos outros.
Se na sua tristeza você voltar para o Senhor e se arrepender de qualquer pecado que você trouxe para esse relacionamento, você é tão precioso para Deus como já foi e Ele esta usando cada centímetro do seu sofrimento para fazer de você mais do que Ele criou pra ser e dar-lhe mais do que Ele criou pra desfrutar. Assim na seqüência de uma separação temos razão para se orgulhar, enquanto nossa glória é em tudo o que Cristo é pra nós.
Ele ama a nossa alegria duradoura n’Ele muito mais do que Ele ama o nosso conforto temporário de hoje.Saiba que Deus esta fazendo o bem, mesmo quando nos sentimos pior.

5.Mesmo que não possam ser amigos agora, vocês vão ser irmãos pra sempre
Para relacionamentos cristãos, rompimentos nunca são o fim. Vamos ficar juntos em um novo lugar onde ninguém é casado e todos estarão felizes.
Mas no momento o mais saudável emocionalmente e espiritualmente é criar algum espaço e limites. Corações que foram doados, em qualquer nível, precisam se curar e desenvolver novas expectativas novamente.
Reconciliação não necessita de proximidade, requer perdão e amor fraternal.
Precisamos aprender a viver hoje em nossos relacionamentos, antigos e novos, à luz de nossa eternidade juntos. Nossa paciência, bondade e perdão em rompimentos vai brilhar ao lado de respostas egoístas e vingativas adotadas pelo resto do mundo.

6. “Não é você, é Deus” não é o suficiente
Pode ser uma das justificativas mais usadas no meio cristão, “Deus esta me levando a fazer isso”, “Deus me disse que precisamos romper”.
Deus pode muito bem levá-lo a um rompimento, mas não use-o como bode expiatório. Reconhecer seu pecado e pedir perdão, ser honesto em como chegou nessa decisão.
Em primeiro lugar, é aconselhável não tomar a decisão sozinho, compartilhe e confirme a sua perspectiva com alguém que ama a Jesus e ame vocês dois.Isso pode ajudar você a avaliar seu coração.  Se for uma pessoa casada será melhor, converse com alguém que sabe o que é preciso pra perseverar em um casamento.
Nossa imaginação, especialmente em uma crise emocional, pode ser uma arma letal que Satanás aproveita contra nós para o mal. Quando deixamos tudo vago poderá alimentar em sua mente mentiras do diabo para destruí-lo. Dê-lhe informações suficientes de como Deus o levou a esta decisão sem esmagá-lo ou derrubá-lo. Eu digo “o suficiente”, porque há muitas coisas verdadeiras mas inúteis para se dizer.

7. Vosso Pai sabe as vossas necessidades
Deus alimenta os pássaros, faz crescer as flores do campo(Mateus 6:26-28). Quando você pedir um marido Ele não vai lhe da ruma cobra, quando você pedir uma esposa Ele não vai lhe dar um escorpião. Mesmo quando parece que Ele lhe fez mal, Ele não fez. Ele ama você e sabe o melhor pra você.
Confie n’Ele para lhe sustentar a cada dia(ou anos) se você casar ou não. Se você se casar, sei que Ele vai trazer a esposa ou esposo inperfeito(a) que você precisa.

8.Aprenda com o amor perdido
Uma das maiores vitórias de Satanás em uma separação é convencer um rapaz ou uma menina de que “foi tudo culpa da outra pessoa”. Todos nós somos falhos e cheios do Espírito Santo, por isso vamos todos estar sempre aprendendo e crescendo como pessoas e cônjuges.
Após passar a onda emocional identifique uma área ou áreas onde você quer se esforçar para ser mais gracioso ou mais exigente ou mais fiel – mais como Jesus – que seguem em frente. Pode ser um momento único para refletir sobre como ter uma vida mais saudável e equilibrada.

9.Jesus vai ajudá-lo a encontrar alegria a sombra do desgosto
Quando estamos sozinhos e nos sentindo abandonados é realmente difícil acreditas que alguém sabe o que estamos passando. Isso até pode ser verdade em relação as pessoas bem-intencionadas em torno de você, mas não sobre Jesus. Jesus veio e foi quebrado para das esperança ao partido. A alegria não esta em saber que Jesus tinha dificuldades também. A alegria esta em saber que a pessoa que sofreu em seu lugar morreu e ressuscitou para acabar com o sofrimento para os seus santos. Jesus passou antes para pavimentar o caminho para a alegria na dor.Vivemos, sobrevivemos e prosperamos, olhando para Ele.
Se você acredita nisso, então aproveite ao máximo essa separação, sabendo que Deus escolheu este caminho particular pra te fazer crescer e te fazer feliz.

Texto na íntegra em inglês:

Dica: Kits para festas (gratuitos para download)

Achei esse site fuçando dicas para festas infantis...calma!calma! Não estou grávida,rsrs. É pro encontro do nosso PG(Pequeno Grupo) com tema de Dia das Crianças. E achei esses kits perfeitos pra quem esta organizando seu Noivado, Aniversário, Chá de Panela ou Chá de Bebê.
Tem todas as instruções para baixar e dicas pra impressão.

Segue o link do site:
http://fazendoaminhafesta.blogspot.com.br/

E algumas imagens que encontrei no site:





Lindos né?
Detalhes que fazem a diferença, grátis e prático de usar pra quem como eu não tem muita habilidade pra desenvolver essas coisas,rsrs.
Deus abençoe! Um ótimo final de semana!

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Tem dias...

      Tem dias que já não começam bem.
     Hoje na ida para o trabalho na mesma rota de todos os dias um ciclista abençoado resolveu se aventurar e atravessou a Avenida do nada sem nem olhar pros lados, resultado o carro da nossa frente precisou frear bruscamente e nós atrás. Fora o susto graças a Deus não batemos, mas já começamos o dia com o coração acelerado e as pernas tremulas.
     Mais um dia de correria, trabalho, e pra não contribuir uma dor nas costas que me acompanhou essa semana inteira. Como se isso tudo não fosse suficiente ainda saber que a noite preciso encarar mais trânsito e 3 horas de aula.
     Mas não falo isso pra reclamar, mas pra você saber que nessa rotina cansativa e corrida você não está sozinho. Eu tinha(e as vezes ainda me pego fazendo isso) o hábito de reclamar argumentando que tem coisas que só acontecem comigo, que as vezes parece que pros outros a vida é mais fácil. Afinal nas redes sociais 99% das fotos são das pessoas sorrindo, mostrando suas conquistas, com os amigos ou rindo da própria desgraça como se estivesse felizes apesar de nem sempre as coisas darem certo.
     Mas ao mesmo tempo, ao me encontrar com algumas pessoas dessas em poucos minutos de conversa percebo o quão tristes e preocupadas andam. Não posso afirmar que existe uma forma mais tranquila de viver, não conheci até hoje uma pessoa que não tenha preocupações, mas em meio as minhas preocupações me apego ao consolo que Deus nos dá dizendo:

Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe, e amanhã é lançada no forno, não vos vestirá muito mais a vós, homens de pouca fé?
Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos?
Porque todas estas coisas os gentios procuram. Decerto vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas;
Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.
Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal.


Mateus 6:30-34



    Deus na sua palavra já nos havia avisado que neste mundo teríamos aflições, mas também nos incentiva a ter bom ânimo certos de que Ele já garantiu a vitória por nós.
Desejo que seu ânimo seja renovado por Deus nesse dia e nos tantos outros que ainda estão por vir...Deus te abençoe!



terça-feira, 8 de outubro de 2013

Quem deve ter a iniciativa? Homem ou mulher?

     Uma vez uma pessoa me fez essa pergunta dizendo que ja havia escutado que é errado a menina ter a iniciativa no começo de um relacionamento(lembrando que aqui relacionamos o começo de um relacionamento com o período de oração).
      Vou falar da minha experiência e o que considero certo e errado.
      Quando percebemos que estamos começando a ter sentimentos diferentes por alguém a primeira coisa a ser feita é colocar diante de Deus em oração, pedir pra Ele confirmar se é da vontade d'Ele, afinal Deus sabe que você não quer ser magoada(o) e nem magoar a outra pessoa. E enquanto você ora deve manter uma amizade saudável com essa outra pessoa.
       Amizade saudável? Mas o que não é uma amizade saudável entre homem e mulher na minha opinião. Digo na minha opinião pois já magoei, fui magoada e já vi outras pessoas sendo magoadas por confundir amizade com amor em amizades mal conduzidas, então digo minha opinião pois essa é a minha experiência pessoal. Vamos ao que acredito ser errado em uma amizade homem e mulher com ou sem sentimentos diferentes: ficar jogando indiretas e ficar se "insinuando", cada vez que encontra a pessoa da aquele abraço apertado e demorado, quando vai cumprimentar da um beijo no rosto provocativo(perto da boca, demorado, apertado), ficar deixando recadinhos no face ou mandando mensagens em excesso dizendo que esta com saudade, que gosta muito da pessoa, dando toques no celular, e outras indiretas e diretas mais.
       No nosso caso, o que aconteceu: Até hoje não sabemos afinal quem começou a gostar do outro primeiro, pois os dois disfarçaram muito bem no começo. Quando percebi que estava gostando do TJ fiz o oposto, parei de cumprimentar ele com abraço ou beijo no rosto, era só um "oi" ou "a paz" de longe,rsrs. Conversava mais com ele no msn, mas não sobre relacionamentos, porque tem gente que só pra entrar no assunto faz peguntas do tipo "como esta o coração?". Evitava ficar com ele sozinha, porque ja ficava nervosa e tinha medo de ele desconfiar. No fundo eu achava que era algo passageiro e não queria magoar ele ou estragar a amizade, mas ao contrário, o sentimento foi aumentando.
      Só contei pra uma amiga na época, que foi quem me ajudou no enredo da história. Nenhum dos dois tomavam iniciativa por timidez, e eu não queria fazer nada sem antes ter certeza que ele gostava de mim. Então ela fez o meio de campo, de forma discreta, não era uma adolescente fofocando né, era uma pessoa com maturidade. Então com a confirmação sentamos a sós pra conversar, eu pedi pra conversar com ele, mas ele que na hora ja tomou a frente do assunto.
      Lembro que nesse tempo que fiquei gostando dele apareceram outras meninas que estavam se aproximando, mas me mantive na minha, tendo plena certeza que se fosse da vontade de Deus Ele é quem iria conduzir tudo.
      Então não se apavore, quando você buscar a Deus as coisas vão acontecendo de forma natural sem precisar forçar a barra. Descanse e aproveite essa fase...Que saudade!rsrs

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Atritos da vida a dois

     Que o casamento(e o namoro também) não é um mar de rosas acredito que todos vocês ja sabem né? E não digo isso apenas olhando meu lado, tem coisas que faço que depois penso "como esse homem ainda me atura meu Deus?"rsrs. Todos nós temos nossas manias, crises, formas de pensar e sentir diferentes.
     Dividir um mesmo projeto de vida nem sempre é tranquilo, algo que por muito tempo você sonhou que seria perfeito muitas vezes se torna motivo pra brigas e alfinetadas sem fim. Já tive amigos que durante o namoro todo não tiveram brigas, mas foi só começar a planejar a festa de casamento e a construção/decoração da casa/apartamento que discutiam todos os dias. hehe
     Certo ou errado? Acredito que não tem certo ou errado, acho que é normal, que faz parte da nossa natureza humana imperfeita. Não é atoa que no Brasil é quase de 50%. Porém creio que o diferencial esta no amor entre os cônjuges e o amor em Deus por parte dos dois.Creio que é esse amor que faz com que superemos desavenças, com que liberemos perdão, com que sejamos flexíveis e por vezes aonde o consenso não existir cedamos a nossa razão em prol do outro. Acredito que isso é o que faz um casamento ser feliz e durar "até que a morte o separe".
     Uma vez ouvi uma frase que me chamou muita atenção, quando ouvi até me questionei se era ou não fato, mas ao meu ponto de ver é sim uma verdade: "O contrário do amor não é o ódio, mas a indiferença". Não me entenda mal, não estou dizendo que sentir ódio ou raiva é certo ou que é uma demonstração de amor. Mas estou dizendo que faz parte da nossa natureza humano nos irar, mas a Biblia nos diz :


      Quando amamos alguém e esta pessoa nos decepciona, ou a opinião dela vem contra o que pensamos, é normal sentirmos ódio ou tristeza. E a tendência é que quanto mais amamos a pessoa maior seja o nosso sofrimento.
        Porém, é nas horas de dificuldade que nosso amor, que nossas palavras e promessas são provadas. É fácil falar que ama, é fácil falar que vai fazer de tudo pra tornar o outro mais feliz, é fácil falar que vai estar junto na alegria e na tristeza...Mas ai Deus nos permite que passemos por provações para mais do que falar, viver aquilo que falamos.
       Não é fácil, não é algo natural, a nossa natureza humana em todo tempo tenta nos fazer agir de forma egoísta pensando somente no nosso bem estar. Mas é algo que conquistamos por esforço, e quando as suas forças ja não forem mais suficientes busque ainda mais a Deus porque a graça d'Ele te basta.

"No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder.
Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo.
Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.
Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes."
Efésios 6:10-13